TED 2 – Crítica

0 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 5 (0 votes, average: 0,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.

Mais humano do que nunca…

 

ted-2-critica

 

Se você conhece as séries animadas “Uma Família da Pesada” e “American Dad”, já sabe que o humor do diretor, produtor, roteirista e ator Seth McFarlane não tem limites. Isso pode assumir uma cotação positiva ou negativa dependendo do espectador. O texto de Seth nunca foge da piada, por mais suja e politicamente incorreta que ela seja. Se você curte essa vertente, o filme certamente é um prato cheio para rir alto e se divertir a valer. Se você acha que não curte os filmes que genericamente se enquadram na categoria de “besteirol”, considere ver “Ted 2” mesmo assim.
No primeiro filme, o relacionamento entre John e sua namorada é central na trama e a amizade com o ursinho que ganhou vida em uma noite trovejante é um empecilho para o amadurecimento do personagem principal. Na sequência, Ted é o personagem principal e agora é seu casamento que está em risco. Primeiro, o ursinho tenta as estratégias mais não-ortodoxas para manter o relacionamento com sua esposa vivo. Mas para ter o direito civil de se manter legalmente casado, Ted se vê tendo que lutar para ser reconhecido como humano. O filme portanto explora uma questão extremamente profunda: o que realmente nos torna seres humanos?

Em termos de forma, o filme pode parecer um pouco longo por essa mudança de foco no objetivo do personagem principal. Em uma entrevista sobre o primeiro filme, Seth declarou que o mais difícil sobre fazer longas-metragens era acertar na estrutura. Em suas próprias palavras, no seriado “Uma Família da Pesada”, ele entupia cada episódio das melhores piadas possíveis e funcionava, mas que em um longa, a estrutura tinha que funcionar. Além disso, grande parte do humor de “Ted 2″ vem de referências à cultura pop norte-americana e suas celebridades, cujas participações especiais geram cenas hilárias, mas só se você estiver em dia com os blockbusters e o TMZ. Mas as referências vêm também na forma de inspiração em outras fontes de comédia, como em paródias à la Leslie Nielsen, no humor de Vaudeville (com direito aos habituais números musicais recorrentes na animações de Seth, por ele mesmo ser um admirador do gênero) e até no seriado já clássico Saturday Night Live.

Se o seu tipo de humor se encaixa com todas essas referências, “Ted 2” vai te fazer gargalhar sem parar, assim como fez a plateia inteira na pré-estreia. Se não for, você pode mudar de ideia se der uma chance ao filme. Isso porque, em todos os trabalhos de Seth McFarlane, a zueira não tem limites, mas ela é sempre baseada em sentimentos genuínos e extremamente universais, pois pertencem à raça humana inteira. “Ted 2” questiona justamente que sentimentos são esses em mais um acerto desse gênio que já fez sua marca na história da comédia mundial. Ao ler as outras críticas que estão por aí, você pode se perguntar: “Ué, mas não era só mais um besteirol?” Se for, é da melhor qualidade.

 

Sobre o Autor

Anna Israel
Formada em Comunicação Social – Cinema pela PUC-Rio, tive a sorte de fazer intercâmbios para a UCLA, NYU e Cornell nos EUA, de conhecer alguns dos meus grandes ídolos e de ganhar prêmios com meus trabalhos. Para viver, só preciso de cinema, TV e música. Mas boas horas de sono e chocolate também vêm a calhar.

Comentários
Show Review: Céu e Clarice Falcão – Pepsi Twistland
segunda-feira, 12h37
Show Review: Céu e Clarice Falcão – Pepsi Twistland

A Marina da Glória, no Rio, foi tomada por um clima festivo na quinta-feira, 9, no quarto dia do festival Pepsi Twistland. O evento, que termina este sábado, 11, levou…

Ver Post
Aquecimento Foo Fighters – Top 10 Clipes: #9
sábado, 21h49
Aquecimento Foo Fighters – Top 10 Clipes: #9

  O Foo Fighters está prestes a completar 20 anos mas, para alegria dos fãs, a banda está apagando essas velinhas fazendo a sua paixão pela música arder como nunca.…

Ver Post
Especial Festival do Rio 2014: Os Destaques (Parte 1)
quinta-feira, 1h07
Especial Festival do Rio 2014: Os Destaques (Parte 1)

O mês de setembro é um dos melhores meses do ano, primeiro por causa de São Cosme e Damião, e segundo porque tem o Festival do Rio, um dos principais…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com