Som de Segunda: Os 5 Melhores B-Sides do Nirvana

 

nirvana1

Esta semana os fãs brasileiros do Nirvana vão poder, enfim, assistir ao tão falado documentário Montage of Heck, de Brett Morgen, que conta a história de Kurt Cobain, líder da banda que foi um dos ícones do movimento grunge. Apesar de já ter sido tema de diferentes filmes e docs, este é o primeiro longa que tem autorização da viúva Courtney Love. Por isso, os espectadores podem contar com canções do Nirvana, depoimentos de familiares e amigos, além de áudios gravados pelo próprio Kurt que foram disponibilizados pela cantora ao diretor. Outro destaque do filme é a participação de Frances Bean, filha do casal, como produtora executiva.

Kurt Cobain: Montage of Heck será exibido no Brasil nesta quinta-feira, dia 18, e no sábado, dia 20, em salas de oito cidades. Veja a lista neste link.

Já que estamos perto da estreia, hoje montei uma seleção com os cinco melhores b-sides do Nirvana. Claro que esta não é uma lista definitiva – nem para mim -, até porque para quem é fã, é difícil escolher cinco músicas de sua banda preferida. Então, vamos à seleção!


#5. Marigold

Tá, essa não é uma faixa do Kurt, mas tem todo direito de estar nesta lista. “Marigold” é uma composição de Dave Grohl, primeira que foi completamente composta pelo baterista e apareceu a primeira vez no compacto de “Heart-Shaped Box”, lançado em 1993. Ela foi gravada durante as sessões de In Utero (1993), com Dave nos vocais pela primeira vez. Bonita e delicada, a canção serviu para mostrar que o baterista tinha potencial também como compositor e vocalista, tanto, que hoje é líder de uma das maiores bandas do mundo, o Foo Fighters.


#4. Dive

“Dive” foi composta em 1989 e saiu em 1990 no compacto lançado pela Sub Pop, então gravadora do Nirvana. Ela tem a sujeira e a urgência de Bleach (1989), mas com um pouco mais de produção poderia figurar muito bem em Nevermind (1991). Posteriormente, a faixa foi relançada no disco Incesticide (1992), uma coletânea da Sub Pop com tudo que o Nirvana deixou gravado entre 1988 e 1990.


#3. Even in His Youth

Tem toda a pegada do grunge clássico, suja, animada e pesada. Ela foi lançada como lado b do compacto de “Smells Like Teen Spirit”, primeiro grande hit do Nirvana, mas foi gravada um pouco antes das sessões de Nevermind com Steve Albini. E esse é mais um daqueles refrães que gruda e dá vontade de ficar cantando por aí.


#2. Sappy

Não sei o que dizer, só sentir. Mentira, mas esta é uma das minhas preferidas da banda e a preferida da lista. A faixa já havia sido registrada em outras versões e com outros nomes até ser definitivamente lançada como música escondida na coletânea beneficente No Alternative, da gravadora Arista. Esta versão foi gravada durante as sessões de In Utero e tem a clássica estrutura da qual Kurt sempre debochou – versus, chorus, versus (verso, refrão, verso). Um hit em potencial com aquele refrãozinho chiclete. Um pop quase perfeito.


#1. You Know You’re Right

Essa foi a música que despertou minha paixão pela banda, tanto pela melodia densa e pesada, quanto pelo clipe esquizofrênico que passava toda hora na MTV. A música é considerada a última gravação do Nirvana, realizada em janeiro de 1994, para as sessões do que seria um novo disco da banda. Com a morte de Kurt, a música ficou esquecida até 2002, quando foi lançada na coletânea que leva o nome do trio. Uma porrada hipnotizante.

Sobre o Autor

PH Rosa
Jornalista, autor de contos que nunca viram a luz do dia, viciado em música e comprador compulsivo de livros, discos e tênis. Se diz bom amigo, mas prefere ir ao cinema sozinho. Ama descobrir novos sons e escrever sobre canções que causam arrepio.

Comentários
Vazou a Lista de Pré-Selecionados ao Framboesa de Ouro 2015
segunda-feira, 20h42
Vazou a Lista de Pré-Selecionados ao Framboesa de Ouro 2015

  O Framboesa de Ouro (Razzie Awards), premiação que escolhe os piores do ano no cinema, já se tornou um evento tão conhecido e esperado quanto o Oscar. No melhor…

Ver Post
Vídeo Crítica Clube do Pop: “A Bela e a Fera”
sexta-feira, 21h23
Vídeo Crítica Clube do Pop: “A Bela e a Fera”

Entendo quem esteja resistente com a versão live-action de A Bela e a Fera mas não sou contra remakes. Não acredito na possibilidade de um remake ruim “estragar o original” pois…

Ver Post
“Yank! – O Musical” Lança Campanha de Crowdfunding
quinta-feira, 23h58
“Yank! – O Musical” Lança Campanha de Crowdfunding

Temos uma missão importante para vocês, amantes de teatro: os produtores de Yank! – O Musical lançaram uma campanha crowdfunding para financiar essa empreitada em celebração da diversidade. Por ser…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com