Som de Segunda: Três Discos Para Começar a Semana

Paramore - Harry Styles - Yeah Yeah Yeahs

Paramore

Bom, depois de um longo inverno, estou de volta com o nosso Som de Segunda, e esta semana venho apresentar dois lançamentos da semana passada que foram bem esperados pelos fãs e mais um disco mais antigo que todo mundo deveria conhecer. Vamos começar?


After Laughter – Paramore

Depois do confuso e pouco inspirado Self-Titled (2013) e da saída de Jeremy Davis em 2015, o Paramore voltou com o álbum mais leve de sua carreira. After Laghter tem uma sonoridade indie pop com referências dos anos 1980 e 1990, que são notadas no primeiro single – e faixa de abertura – “Hard Times”, que já mostra o tom solar do álbum. Há pouco – quase nada – das guitarras “emo” que levaram a banda ao sucesso nos idos de 2007. Talvez a única música que faça alguma conexão com os antigos hits seja “Fake Happy”, com seu riff no refrão. A faixa também traz um dos melhores vocais de Hayley Williams do álbum. Aliás, a voz da moça é um dos destaques do disco, principalmente em canções como “Idle Worship”, “Told You So”e “Tell Me How”. A volta de Zac Farro para a banda parece ter dado também um novo gás e, certamente, influenciou na nova direção dos arranjos e composições. O disco é um pouco mais experimental, mas sem muita ousadia. Em alguns momentos soa até adolescente demais, como em “Rose-Colored Boy”. Outro ponto é que trabalho é bem coeso e linear, mas às vezes pode soar um pouco repetitivo, principalmente no início da segunda parte. Mas a audição vale muito a pena por ser um álbum divertido e bem feito.


Harry Styles – Harry Styles

Para quem lembra da carreira de Harry Styles no One Direction, talvez fique com receio de ouvir seu primeiro trabalho solo, lançado na última sexta-feira, 12. O álbum é uma bela produção que traz de volta influências do rock e folk dos anos 1960 e 1970. Logo na abertura, “Meet Me in the Hallway” é possível encontrar um pouco de Neil Young. Já no single “Sign of The Time”, muita gente viu semelhanças com o Pink Floyd. A bela faixa chamou atenção até do ex-baterista da banda, Nick Mason, que disse em um programa de rádio que até tocaria com Styles. “Two Ghosts” é outro belo momento do álbum, que também tem momentos mais suingados como “Woman”, um blues guiado por piano e guitarras que dá um tom mais pop ao disco. Por tanto, se você tem algum problema com a carreira anterior do menino, deixe de lado e vá ouvir o disco. Talvez você se arrependa de não ter escutado antes.


Show Your Bones – Yeah Yeah Yeahs

Vira e mexe fico obcecado por este disco e triste por essa banda demorar tanto a lançar trabalhos novos. Lançado em 2006, Show Your Bones é o segundo álbum do Yeah Yeah Yeahs, após o êxito de Fever To Tell (2003), o grupo conseguiu emplacar novos hits como “Gold Lion” e a fofa “Cheated Hearts”. Mas o álbum vai muito além com canções que não viraram singles, mas que apresentam toda a força e potência do trio. “Phenomena” é pop e pesada, com um refrão que não sai da cabeça e é uma delícia de cantarolar. Já “Fancy” é densa e cortante, como a voz de Karen O, que oscila entre a doçura e a agressividade esganiçada, que dá o tom e a identidade do grupo. “The Sweets” traz uma certa calma, mas ainda intensa, assim como “Way Out”, onde a vocalista mostra o contraste de sua voz com o arranjo mais melódico.

Sobre o Autor

PH Rosa
Jornalista, autor de contos que nunca viram a luz do dia, viciado em música e comprador compulsivo de livros, discos e tênis. Se diz bom amigo, mas prefere ir ao cinema sozinho. Ama descobrir novos sons e escrever sobre canções que causam arrepio.

Comentários
Quinta da Nostalgia: 40 anos de independência de Moçambique e o Cinema
quinta-feira, 18h53
Quinta da Nostalgia: 40 anos de independência de Moçambique e o Cinema

  A primeira ação cultural de Samora Machel, líder militar do governo de Moçambique em 1975, logo após a conquista da independência de Portugal foi a criação do Instituto Nacional de…

Ver Post
Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Under The Dome
quarta-feira, 18h52
Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre Under The Dome

Amanhã estreia a terceira temporada de Under The Dome e parece que finalmente algumas questões serão resolvidas. Se você não viu as temporadas anteriores e/ou não quer saber o que…

Ver Post
Straight Outta Compton – Crítica
sexta-feira, 9h28
Straight Outta Compton – Crítica

  Quem Vai Sobreviver na América?     Direção: F. Gary Gray Elenco: O’Shea Jackson Jr., Corey Hawkins, Jason Mitchell, Paul Giamatti Roteiro: Jonathan Herman e Andrea Berlof Nota: 2,5 de 5 estrelas…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com