Rumo ao EMMY 2014: Brave Miss World

0 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 5 (0 votes, average: 0,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.

 

Sempre me interessei muito por documentários que abordam problemas sociais, principalmente quando envolvem questões relacionadas às mulheres, por isso esse filme me chamou muita atenção quando o vi pela primeira vez na minha lista de recomendações do Netflix.

 

Indicado na categoria Exceptional Merit In Documentary Filmmaking, Brave Miss World é mais um sucesso do serviço de streaming que merece ser visto por todos os amantes de documentários.

 

Em 1998, depois de ser coroada Miss Israel, a jovem Linor vai a Milão em busca de uma carreira como modelo. Com apenas 18 anos, Linor teve que enfrentar um dos piores traumas na vida de qualquer mulher. Em uma noite fatídica, a jovem Miss é sequestrada, estuprada e esfaqueada, uma experiência que mudaria para sempre sua vida.

 

Pouco tempo depois, escondendo o ocorrido de todos, contando apenas com o apoio de sua família e a ajuda da polícia, Linor vai às Ilhas Seychelles e conquista a coroa de Miss World.

 

O documentário foca no julgamento do estuprador, na recuperação de Linor, e no seu trabalho para ajudar outras vítimas de violência sexual.

 

O tema é forte, mas o filme é recompensador, seja você uma vítima de abuso sexual, parente de alguém que tenha passado pelo mesmo, ou apenas um ser humano que sente empatia pelas vítimas. Vemos casos de pessoas comuns, que poderiam ser nossas irmãs, mães e amigas. Há algumas surpresas no filme, rostos famosos, como Fran Drescher (The Nanny), que também sofreram esse tipo de abuso.

 

Para quem busca mais informações sobre Linor, e também sobre o documentário, indico uma visita ao site oficial do filme . Lá você poderá ler mais histórias de sobreviventes e também, se for o caso, contar sua própria história.

 

 

Sobre o Autor

Roberta Figueiredo
Formada em Comunicação Social, produtora independente de cinema, respira conhecimento e se alimenta de cultura. Ariana, teimosa, gosta de caminhar na praia e fazer maratonas no Netflix. ;-)

Comentários
Destaques Comic-Con 2015: Scream Queens, Heroes e Joss Whedon
quarta-feira, 16h22
Destaques Comic-Con 2015: Scream Queens, Heroes e Joss Whedon

  Continuando nossa série “Destaques Comic-Con 2015”, vamos deixar os filmes um pouco de lado e nos concentrar no que a televisão tem para nos oferecer na próxima temporada de…

Ver Post
Going Clear – Crítica
terça-feira, 10h00
Going Clear – Crítica

Movendo Montanhas Direção: Alex Gibney Roteiro: Alex Gibney Nota: 4 de 5 estrelas Fé é indiscutível; todo pensamento racional e argumento embasado perde sua força sob o peso esmagador da crença. Muitos dos…

Ver Post
Quinta da Nostalgia: O Cinema de Frank Capra
quinta-feira, 17h06
Quinta da Nostalgia: O Cinema de Frank Capra

  Frank Capra fo um dos maiores nomes do cinema americano. Ele foi diretor, produtor, escritor e a cabeça criativa responsável pela premiação dos principais filmes dos anos de 1930 e 1940. Legítimo italiano,…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com