Ressurreição – Crítica

1 vote, average: 4,00 out of 51 vote, average: 4,00 out of 51 vote, average: 4,00 out of 51 vote, average: 4,00 out of 51 vote, average: 4,00 out of 5 (1 votes, average: 4,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.

ressureicao-critica

 

Direção: Kevin Reynolds

Elenco: Joseph Fiennes, Tom Felton, Peter Firth e Cliff Curtis

Roteiro: Paul Reynolds e Paul Aiello


Nota: 4,5 de 5 estrelas


 

Uma história já “batida” cujo final todo público já conhece. Será mesmo? Como diz o velho ditado: Há mais coisas entre os céus e a terra do que supõe nossa vã filosofia. É justamente tentando retratar esses “mistérios” que o filme, Ressurreição (Risen), do diretor Kevin Reynolds, busca seu diferencial em um período onde tantos filmes com teor religioso estão sendo lançados.

Conquistar o público e convencer com uma história inédita já não é uma das tarefas mais fáceis, agora, imagina conquistar esse mesmo público contando novamente a história mais conhecida do mundo. Complicado né? Eu não queria estar na pele destes diretores 007 com missões semi-impossíveis espalhados pelo mundo.

Para ter êxito em tais missões secretas é preciso achar uma vertente nova em uma história não original. Queria ser estraga prazer não, muito menos quebrar o encanto em cima destes diretores/super heróis do cinema, mas vou contar o segredo assim mesmo: a chave de tudo está no formato. A sua visão original pode ter o super poder de transformar a sua história não original em algo inédito. Complexo? Permita que eu te explique.

Ressurreição é um longa que conta a história de Jesus de Nazaré ( nossa parte não inovadora ) através da visão de um centurião romano agnóstico e cético (Joseph Fiennes) que é enviado por Pilatos para investigar a ressurreição e localizar o corpo desaparecido (nossa parte original). Percebe a diferença?

Será que diante de todas as evidências que vão surgindo em suas investigações, Joseph passará a acreditar na ressurreição de Cristo ? Será? Eu não sei vocês, mas euzinha aqui estou proibida de dar spoilers neste texto.

Diferente de muitos, este não é um longa que conta vida de Cristo (olha nosso diferencial novamente aí) até porque ele nem cita nada sobre isto e o filme começa após sua crucificação. Não é um filme religioso com a linguagem extremamente burocrática/teórica e religiosa em busca da audiência dos fiéis, mas ao mesmo tempo não é um filme que ofende, ou choca um temente a Cristo.

Ao invés de assistir ao filme para conhecer ou entender mais sobre o acontecimentos históricos da vida de Jesus, em Ressurreição, você assiste apenas para descobrir se Joseph irá realmente descobrir o que ele tanto procura.

Ressurreição tem belos figurinos, cenários, mas ao mesmo tempo é tudo muito simples, fica claro que o filme teria se beneficiado com um orçamento maior. Aparentemente, nem um diretor experiente como Kevin Reynolds consegue fazer a mágica acontecer com um investimento tão baixo de produção.

 

Sobre o Autor

Jéssica Lopes

Comentários
Começam as Gravações do “Último” Resident Evil
quarta-feira, 17h47
Começam as Gravações do “Último” Resident Evil

Se passaram 13 anos desde que vivemos pela primeira vez a atriz Milla Jovovich na pele de Alice, na saga Resident Evil. A franquia que começaria ser gravada no ano…

Ver Post
Al Pacino Virá ao Brasil em Agosto
domingo, 20h15
Al Pacino Virá ao Brasil em Agosto

    Segundo a coluna do Ancelmo Gois, no O Globo, o ator Al Pacino virá ao Brasil, pela primeira vez, onde fará apresentações únicas no Rio de Janeiro e…

Ver Post
Carol – Crítica
sábado, 10h56
Carol – Crítica

O Preço de um Olhar Direção: Todd Haynes Elenco: Cate Blanchett, Rooney Mara, Sarah Paulson, Kyle Chandler Roteiro: Phyllis Nagy Nota: 4,5 de 5 estrelas A verdade é brutal. A mentira é uma arte…

Ver Post