Quinta da Nostalgia: A Constelação Wagner Moura

 

narcos-Wagner-Moura

 

No dia 28 de Agosto, o público do Netflix vai ganhar mais uma obra-prima para ser colocada na maratona de séries que somente um serie maniac é capaz de fazer. “Narcos” é estrelada pelo nosso Wagner Moura que interpreta o falecido traficante Pablo Escobar,  um dos nomes mais importantes da história da Colômbia por ser o principal responsável no comando de 80% do comércio mundial de cocaína durante os anos 80. Também teremos no elenco o ator Boyd Holbrook (Garota Exemplar) e Pedro Pascal(Game of Thrones) como os agentes reais da DEA, Steve Murphy e Javier Peña.

Veremos o nosso baiano Moura 20 quilos mais gordo, interpretando em espanhol, um idioma até então que ele não dominava ou falava até cinco meses antes do início das gravações.

Os episódios de “Narcos” mostrarão as histórias da vida real dos chefões do tráfico no final dos anos 80 e os esforços brutais realizados pela lei para detê-los. A série mostrará o choque entre as forças em conflito que lutam pelo controle da cocaína. Esta não é uma série sobre a pessoa Pablo Escobar, mas sim, uma série sobre a origem do narcotráfico moderno.

 José Padilha (Tropa de Elite) é o produtor executivo junto com Eric Newman (Children of Men), Chris Brancato (Hannibal) e Carlo Bernard & Doug Miro (Sorcerer’s Apprentice). A série é produzida pela Gaumont Television exclusivamente para o site Netflix.
Nesse clima de contar os minutos para a estreia mundial com um ator protagonista de primeira linhagem brasileira, o Quinta da Nostalgia de hoje é dedicado ao Wagner Moura. Vamos relembrar a carreira desse baiano mais cinematográfico que você já conheceu? Ok! Vamos lá! Mas, antes confira por aqui o trailer oficial da nova série exclusiva do Netflix.

 

O baiano de 39 anos de idade acumula 23 anos de carreira em teatro, televisão, cinema e música. Ele é reconhecido como um dos melhores atores de sua geração e nos deixa sempre reflexivos que com tamanho talento e imersão na arte, Wagner Moura pode ser e viver qualquer um.

A relação com o teatro, segundo o artista, nasceu nasceu graças a uma amiga adolescente esquisita. Dessa foram ele era visto para a maioria do grupo de estudantes da escola. Iniciou Teatro no Colégio Mendel no grupo formado pela professora Cristina Rodrigues, chamado Grupo Pasmem. Porém, como não tinha pretensão de seguir a carreira artística na época, formou-se em Jornalismo na Universidade Federal da Bahia. Ele conseguiu trabalhos em diversos veículos da imprensa baiana e chegou a entrevistar celebridades em um canal de televisão em um canal local. Ele também trabalhou em redação e a montou uma assessoria de imprensa que só servia para ajudar os amigos da área de comunicação.

Durante a juventude, ele formou a banda “Sua Mãe”, onde eles só tocavam músicas consideradas bregas. De tempos em tempos o ator se reúne com os antigos parceiros para se apresentar em Salvador. A banda já fez várias apresentações abertas ao público em casas de shows e também em canais de televisão com composições próprias e covers de vários estilos musicais.

 

 

Ele resolveu investir mesmo na carreira de ator quando conseguiu ficar em cartaz com a peça A Máquina no Rio de Janeiro junto com os amigos, hoje também grandes atores, Lázaro Ramos e Vladimir Brichta.

A estreia no cinema foi nos curtas-metragens Pop Killer, de Victor Mascarenhas, e Rádio Gogó, de José Araripe Jr.

 

 

Finalmente a chance de atuar no primeiro longa-metragem foi em Sabor da Paixão (Woman on Top), da diretora venezuelana Fina Torres, no qual fez uma pequena participação como o personagem Rafi. Este é o 1º do total de 9 filmes em que os atores Wagner Moura e Lázaro Ramos atuaram juntos. Os demais foram: As Três Marias (2002), Carandiru (2003), O Homem do Ano (2003), Nina (2004), Cidade Baixa (2005), A Máquina (2006), Ó Paí, Ó (2007) e Saneamento Básico, O Filme (2007).

 

sabor-wg

 

 

Uma grande curiosidade do Wagner aconteceu enquanto ele rodava o filme Deus é Brasileiro no Recife e lia o livro Carandiru do Dr. Dráuzio Varella. Ao saber dos testes para o filme da obra literária, ele pediu para o encarregado do making of lhe ajudar a gravar um vídeo que seria enviada para a produção. A gravação ficou muito escura, e só possibilitava ouvi-lo lendo os trechos do livro. Passado um tempo, o diretor Hector Babenco o chamou para testes. Wagner faria parte do elenco como o personagem Zico, um presidiário, traficante e viciado em drogas.

O viral O Destino de Miguel  começou como uma brincadeira entre amigos e ganhou notoriedade ao ficar muito popular na internet, o que gerou uma segunda versão, O Retorno de Miguel. O vídeo não é nada menos que uma perfeita redublagem do filme Shakespeare Apaixonado. A produção de André Moraes contou no elenco com Wagner Moura, Zéu Britto, Tadeu Mello, João Falcão, Caetano Veloso, Mario Martinelli, Derrick Green, Daniel Oliveira, Edimilson Barros, Bruno Garcia, Sidney Magal, Lucio Mauro Filho, Igor Cavaleira, Lázaro Ramos e André Moraes.

 As interpretações de Wagner Moura como Olavo, o vilão da novela das oito, Paraíso Tropical, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares e a série de polêmicas do filme Tropa de Elite, como o policial do BOPE, Capitão Nascimento, o tornou muito mais popular pelos quatro cantos do país. tTal reconhecimento o levou a ser eleito pela revista RG Vogue com o título “Homem do Ano“. Quem não se lembra da famosa expressão “Pede pra sair!”?

 

O filme Elysium marcou a estreia do brasileiro em Hollywood ao lado de estrelas como, Matt Damon, Jodie Foster e Alice Braga. No filme de ficção científica, ele é o personagem Spider que dá uma missão a um antigo colega, o Max (Matt Damon), para tentar se curar de um acidente de trabalho. N Nasce ma grande batalha para mudar o destino da humanidade.

 

wagnerhollywood

 

Em 2015, Wagner Moura anunciou uma grande novidade: vai estrear na direção de um longa-metragem sobre a vida do guerrilheiro comunista baiano Carlos Marighella. O longa será inspirado no livro biográfico Marighella – O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo, do jornalista Mário Magalhães, que relata os últimos anos de vida do comunista, que morreu assassinado pela ditadura. O intérprete do guerrilheiro ainda não foi selecionado.

A experiente carreira de Wagner ganha diariamente passos cada vez mais sólidos na indústria cinematográfica e é motivo de orgulho para as páginas da nossa história do nosso cinema brasileiro! Vida longa ao baiano camaleônico Wagner Moura no cinema!

Sobre o Autor

Ellen Ferreira
Cineasta e Jornalista. Ama se refugiar no cinema, maratonar séries e ouvir trilhas sonoras de filmes enquanto trabalha. Gostaria de ter trocado correspondências de amizade com o genial J.R.R Tolkien e de ter dirigido os filmes da era de ouro de Hollywood. Dedicada a criar, fazer filmes, pesquisar, escrever histórias e desbravar o máximo da cultura mundial.

Comentários
Confirmado! Brie Larson é a Capitã Marvel
domingo, 2h11
Confirmado! Brie Larson é a Capitã Marvel

    Ainda estamos resumindo as maiores novidades do mundo geek em um post muito especial sobre a San Diego Comic-Con 2016, porém, enquanto o post não fica pronto, não…

Ver Post
Doctor Who: Atriz se Despede da Série
sexta-feira, 13h41
Doctor Who: Atriz se Despede da Série

    Essa semana recebemos a notícia de que Clara Oswald, a companion amada por uma metade de fãs de Doctor Who e odiada pela outra, realmente deixará o show…

Ver Post
Game of Thrones: o Trailer da 6ª Temporada Está Aqui!
quarta-feira, 16h50
Game of Thrones: o Trailer da 6ª Temporada Está Aqui!

  https://www.youtube.com/watch?v=CuH3tJPiP-U A sexta temporada de Game of Thrones começa na HBO mês que vem. Até então, nós vimos um pôster de um “provável/totalmente-não-tão-morto” Jon Snow, um teaser traumático com narração…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com