O Quarto de Jack – Crítica

0 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 5 (0 votes, average: 0,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.

 

O-quarto-de-Jack_imagem

 

“Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi
um dia
Tudo passa, tudo sempre
passará
A vida vem em ondas,
como um mar
Num indo e vindo
infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente viu a
um segundo
tudo muda o tempo todo no
mundo

Não adianta fugir
Nem mentir pra si mesmo
agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre ”


E é assim, citando mestre Lulu Santos, que eu começo e vou direto ao ponto: sem dúvida nenhuma alguma dos filmes mais bonitos que já vi em toda minha humilde existência.

Baseado na obra de Emma Donoghue e dirigido pelo irlandês Lenny Abrahamson , o longa é sem dúvida um brilhante trabalho de atuação. Melhor que muita escola de ator por aí (me desculpa Wolf Maia e afins ).

Além de uma bela experiência cinematográfica, uma bela aula de arte cênica, com pouco mais de 2 horas de duração. Se você é ator/atriz e acha que sabe atuar bem, não se engane, este filme vai jogar um balde de água fria bem na sua face com a atuação de Jacob Tremblay , não estou sendo capaz de opinar (já diria Glória Pires ) com o que este ator canadense, de apenas 9 anos, foi capaz de fazer.

O filme me envolveu de uma certa maneira, que quando dei por mim estava em pleno cinema gritando “ saaaaii daaaai ….vaaaai puuuulaaaa menino “. Passado o momento vergonha alheia e superando o fato de todos do cinema terem me julgado fortemente (#quemnunca), foi a hora de chorar rios com uma das mais bonitas histórias de superação e amor verdadeiro que meus olhos já viram.

Jack vive com a sua mãe (Brie Larson) em um quarto de apenas 10 metros quadrados, o que eu admito, despertou minha claustrofobia , mas valeu a pena superar isso pelo belo final feliz . Joy, a mãe, foi sequestrada há 7 anos e Jack ( filho gerado do estupro ) nunca saiu do cativeiro e sequer sabe da existência de um mundo paralelo.

A mãe cria um mundo único e especial, mesmo com todas as limitações, na esperança de tornar tudo menos dolorido. A função social de contar esta historia é muito nobre, visto que esta é uma realidade bem comum nos Estados Unidos e fica como um alerta.

O ponto alto do filme é o amor extremamente evidente entre mãe e filho. Juntos eles são capazes de superar tudo e todos, vencer variados obstáculos, principalmente o mais difícil deles: O julgamento da sociedade .

A história te desperta sentimentos variados no seu decorrer (algumas sensações que você nem imagina ter) aflição, medo, nojo e pena são apenas algumas . A sala de cinema se transforma em uma espécie de torcida de futebol vibrando e torcendo para que o resgate aconteça logo. E, mesmo fragilizado e confuso, Jack consegue salvar sua mãe duas vezes.

É emocionante assistir o pequeno Jack reaprendendo a viver e como ele reage a cada descoberta sua no “mundo real”  fora da sua antiga realidade de prisioneiro. Imagina que louco você ter reaprender a andar, comer, conversar, conviver e descobrir que tem um monte de coisas novas que você sequer sabe para o que serve ou mesmo o nome ( eu surtaria…sério mesmo ) é como virar um recém nascido novamente aos 5 anos .

Então, não perca tempo e corra para o cinema mais próximo, porque se o filme chamou a atenção de toda Academia, certamente vai chamar a sua também .

Sobre o Autor

Jéssica Lopes

Comentários
Game of Thrones: Notaram Algo de Diferente na Abertura?
segunda-feira, 22h00
Game of Thrones: Notaram Algo de Diferente na Abertura?

A grande riqueza de Game of Thrones pode ser vista até nos mínimos detalhes, como podemos notar nos créditos iniciais do décimo (e último) episódio da sexta temporada. Após o…

Ver Post
Assista ao Primeiro Teaser de Ash vs. Evil Dead
sexta-feira, 22h43
Assista ao Primeiro Teaser de Ash vs. Evil Dead

  PARA TUDO! Acabou de ser divulgado o primeiro teaser da série baseada nos personagens da franquia Uma Noite Alucinante (Evil Dead), e nós não poderíamos estar mais animados.     Ash…

Ver Post
Finalmente! Sai o Primeiro Trailer de A Bela e a Fera
terça-feira, 1h58
Finalmente! Sai o Primeiro Trailer de A Bela e a Fera

O mestre não é tão terrível quanto parece.   A versão live-action de uma das animações de maior sucesso da Disney (e a primeira a ganhar uma indicação ao Oscar),…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com