Conheça os Finalistas do Rio Banda Fest (Parte 1)

 

rbf

La Nuova, Diabo Verde e Sound Bullet são finalistas do Rio Banda Fest

 

Com a proposta de divulgar e promover a nova cena do rock carioca, o Rio Banda Fest vai dar a chance de cinco bandas se apresentarem no Circo Voador e ainda ganhar um prêmio de R$ 10 mil. O festival já teve duas etapas e a final será realizada nesta quinta-feira, 4, e contará com show das cinco bandas vencedoras da segunda fase e uma apresentação especial dos Detonautas. São elas: Linda Lobo, Nove Zero Nove, Diabo Verde, Sound Bullet e La Nuova. (Clique nos nomes para visitar as páginas de cada banda)

As finalistas concorrem a dois prêmios, uma pelo voto popular, com votação aberta na internet (clique aqui para votar) e outro pelo júri técnico. Então, para aquecer os motores, vamos apresentar aqui as bandas que estão na disputa e que ainda vão fazer muito barulho pela cidade.


#La Nuova

Criada em 2009, a banda mistura diferentes ritmos como rock, mpb, samba, baião “e o que mais agradar aos nossos ouvidos”. Após passar por diferentes formações, o grupo se firmou com os integrantes atuais em 2014. A banda já lançou um EP, em 2011, e em 2014 lançou o primeiro disco, Sim!, com o single “Dona Laura” sendo executado na Rádio Cidade.

A banda acredita na mobilização e união dos grupos para impulsionar as carreiras individuais de cada um. Mas também existem os desafios para uma banda independente conquistar seu espaço no cena carioca. Para eles, esses obstáculos “são muitos, mas podemos resumir em falta de espaço e oportunidade. Mas tem muita gente lutando, além de festivais e produtores bacanas que acreditam na música independente e vem dando uma força”.


#Sound Bullet

As referências vão desde os ícones do indie rock internacional às bandas que pertencem à mesma cena, como Hover, El Efecto e Sterophant. Na estrada também desde 2009, a Sound Bullet lançou no final de 2013 o EP Ninguém Está Sozinho, que também batiza a atual turnê. Além do Rio Banda Fest, a banda também já foi finalista dos festivais NMB (Nova Música Brasileira) e o GBOB (Global Battle of Bands), em 2010.

Apesar da projeção que conquistam aos poucos, para os integrantes ainda é difícil se manter com a música. “Todos trabalhamos e estudamos, a banda ainda não rende frutos para que possamos nos manter só com ela”, disse o baixista e vocal Fred. Apesar disso, o músico disse que gravar e distribuir música hoje em dia não é um bicho de sete cabeças e que as dificuldades são apenas financeiras.

“Hoje em dia, é fácil gravar, o desafio é ter uma gravação de qualidade para competir em pé de igualdade com todo o resto. As bandas do Rio vem de forma crescente colocando no mercado trabalhos com qualidade técnica boa, a tendência é de crescimento.”


#Diabo Verde

O início do grupo é a partir do fim da banda Rabugentos, onde Paulinho Coruja e Fellipe Madureira tocavam e resolveram criar um novo projeto. No fim de 2010, com a chegada de Bruno Baiano e Júnior Vernin, eles começaram a trabalhar no repertório que resultou no disco Sincericídio (2012). Com referências do hardcore californiano, o som é pesado e veloz, como todo bom HC.

Para facilitar a distribuição do próprio trabalho, a banda criou o selo Mata Leão Discos. “Temos total controle da distribuição, contabilidade e administração de nosso material, fazemos tudo do jeito que queremos e tudo fica em nossas mãos – é o puro conceito de DIY!” [Do it yourself – faça você mesmo]. E como os integrantes já estão há bastante tempo na estrada, já entendem o processo de divulgação e promoção de suas músicas, facilitado pela internet.

“É inegável a melhoria deste tipo de trabalho nos dias de hoje, inclusive as ‘mazelas’ dos anos 90 nos deram mais experiência para como agir neste aspecto.”

Sobre o Autor

PH Rosa
Jornalista, autor de contos que nunca viram a luz do dia, viciado em música e comprador compulsivo de livros, discos e tênis. Se diz bom amigo, mas prefere ir ao cinema sozinho. Ama descobrir novos sons e escrever sobre canções que causam arrepio.

Comentários
Feud: Bette and Joan – Crítica
segunda-feira, 16h22
Feud: Bette and Joan – Crítica

Ryan Murphy não satisfeito em ter criado nos últimos anos três séries antológicas (American Horror Story, Scream Queens e American Crime Story), em 2017 ele decidiu apostar em Feud. O…

Ver Post
Diva Beyoncé Vai Arrasar no VMAs com apresentação de 15 minutos
domingo, 21h55
Diva Beyoncé Vai Arrasar no VMAs com apresentação de 15 minutos

Quem está acompanhando os preparativos para o Video Music Awards  já deve estar sabendo que a sensação pop, Beyoncé, está preparando uma apresentação única de causar inveja nas amigas e…

Ver Post
Quinta da Nostalgia: A Constelação Wagner Moura
sexta-feira, 0h05
Quinta da Nostalgia: A Constelação Wagner Moura

    No dia 28 de Agosto, o público do Netflix vai ganhar mais uma obra-prima para ser colocada na maratona de séries que somente um serie maniac é capaz de fazer.…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com