A Boneca dos Seus Pesadelos: Crítica de Annabelle

0 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 50 votes, average: 0,00 out of 5 (0 votes, average: 0,00 out of 5)
You need to be a registered member to rate this post.

 

 

 

Não é vergonhoso admitir: todos já passaram por alguma situação de profundo pavor irracional. Seja às altas horas da noite, sozinho em casa quando, de repente, escuta-se um barulho. Ou então, caminhando por ruas desertas; apressando o passo; procurando fugir de um vulto que teima em permanecer no canto do olho – uma figura que desaparece com o virar da cabeça; um ser invisível para tudo, menos para a imaginação.

O medo neste caso está, obviamente, no desconhecido: o não-ver torna-se uma importante ferramenta; ele permite que cada pessoa preencha o vácuo com seus medos próprios. O que te assusta? Vampiros, monstros, demônios, espíritos de menininhas japonesas? Seja o que for, o ignoto assumirá essa forma.

Por este mesmo motivo, muitos filmes de terror tendem a falhar em seu objetivo. Sendo uma mídia visual, o cinema não consegue proporcionar plenamente o terror oculto, preferindo investir, ao invés disso, em monstros de aspecto macabro ou sustos baratos para compensar.

Annabelle, que estreia hoje no Brasil, não foge dessa fórmula. O filme, baseado em fatos reais, conta a origem da boneca amaldiçoada do filme Invocação do Mal. Quando o casal Mia e John Form, prestes a ter um bebê, tem sua casa invadida por membros de um culto satânico, uma das bonecas da família acaba sendo possuída por um espírito demoníaco. A história é simples o suficiente; o roteiro em filmes desse tipo nunca é o mais importante, servindo apenas como desculpa para ir de uma cena aterrorizante até a outra. O grande problema em Annabelle é que essas cenas são raras e espaçadas. O resultado é que o filme fica a maior parte do tempo construindo um clima de terror que nunca chega a decolar.

 

Verdadeira Annabelle

 

“A verdadeira Annabelle. Ela parece um pouco com a Emília do Sítio do Picapau Amarelo.”

 

Não que não tenha momentos bons: a cena em que Mia está tentando pegar o elevador no porão escuro de seu apartamento é bem feita e deixa o espectador tenso. Mas isso não é o suficiente para compensar a direção fraca do inexperiente John R. Leonetti. Suas maiores credenciais são como diretor de fotografia, e isso fica aparente em Annabelle: alguns ângulos e imagens são bem executados, mas o filme não tem foco. Os atores – Annabelle Wallis, Ward Harton, Alfre Woodard – estão irregulares e a trama simplesmente desinteressa depois de alguns minutos.

Isso é uma pena; Invocação do Mal é um bom filme e a história na qual ele é baseado é promissora. Aos que não sabem, realmente existe uma boneca chamada Annabelle, que dizem ser possuída por um espírito. De acordo com relatos, a boneca costumava mudar de posição sozinha e chegou a infligir dano físico em uma ou duas ocasiões. Infelizmente, o único dano que Annabelle causa no espectador é em sua paciência; no final, o único medo suscitado é de que isso vire franquia.

 

 

 

 

Sobre o Autor

Daniel Lomba
Um entusiasta de cultura em todas as suas formas.

Comentários
Confira a Abertura de “American Gods”, Nova Série do Starz
quinta-feira, 19h58
Confira a Abertura de “American Gods”, Nova Série do Starz

Falta um pouco menos de um mês para a estreia de American Gods, mas, graças à produtora Elastic, nós já podemos conferir a sequência de abertura da tão esperada série baseada…

Ver Post
Sete Homens e Um Destino – Crítica
segunda-feira, 4h24
Sete Homens e Um Destino – Crítica

Divertido, porém longe de ser um clássico   Sete Homens e um Destino é um desses filmes que tinha tudo para dar certo. Um grande elenco, um bom diretor e…

Ver Post
Som de Segunda: A Experiência Lollapalooza
segunda-feira, 16h43
Som de Segunda: A Experiência Lollapalooza

Após seis edições fica cada vez mais evidente que o perfil do Lollapalooza Brasil mudou, não só na curadoria dos palcos, mas também no público. Quando era realizado no Jockey Club,…

Ver Post
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com